O biberão é mais fácil? De certeza?

Por que meio julga que é mais difícil para um bebé alimentar-se?

1- Mama

2- Biberão

3- Ambos igualmente difíceis

É muito comum ouvir-se/ler-se que se um bebé começar a usar biberão poderá recusar a mama por este ser “mais fácil”. Ou que os bebés preferem tomar biberão do que mamar porque “a mama é mais difícil”. Esta é mais uma ideia inimiga da amamentação e que não encontra fundamento na ciência, pelo contrário. No entanto, está bastante difundida e costuma ser usada por quem apoia e promove a amamentação.

Fizemos uma sondagem no grupo de apoio à parentalidade da Rede Amamenta, o dá.me maminha.

238 pessoas participaram
65% pensa que é MAIS DIFÍCIL para o bebé alimentar-se à MAMA
31% pensa que é MAIS DIFÍCIL alimentar-se no BIBERÃO
2% pensa que é IGUALMENTE DIFÍCIL alimentar-se na mama ou biberão

Não sei de onde veio a ideia de que o biberão é mais fácil… Não consegui encontrar informação sobre isso. Mas é provável que tenha origens semelhantes ao mito do “leite fraco”. Nada melhor que juntar-lhe a ideia de que o biberão até é mais fácil do que a mama – que pais não querem dar o melhor aos filhos, o mais fácil?

Desafio-a/o a encontrar estudos que comparem sucção do bebé na mama e sucção do bebé no biberão (seja biberão de leite artificial ou leite materno), em que os resultados mostrem que é mais fácil tomar biberão do que mamar na mama. Eu não encontrei! Pelo contrário.

Vários mostram que a saturação de oxigénio diminui no aleitamento a biberão; a temperatura corporal do bebé é menor; o biberão representa stress para o bebé – tanto em prematuros como bebés de termo. Também irá encontrar que a frequência respiratória é menor em bebés que tomam biberão. E, pelo contrário, os bebés à mama coordenam mais facilmente a sucção, deglutição e respiração; apresentam mais sucções à mama do que com biberão (por isso a amamentação ajuda a desenvolver a musculatura oro-facial e previne problemas a estes níveis no futuro) e aplicam mais pressão para mamar do que os bebés no biberão. E, novidade: mesmo com sistemas que pretendem imitar a sucção não-nutritiva no início de uma mamada (exemplo Calma-Medela), há resultados diferentes na forma como os bebés mamam nestes biberões e na mama!

‘Mas no biberão o leite corre mais facilmente, por isso é mais fácil’, dirão alguns. Não necessariamente!

Imagine que quer beber água. Imagine que no 1º cenário terá acesso a água através de outra pessoa que lhe irá oferecer uma garrafa e dar-lhe água. Imagine que no 2º cenário terá acesso a água, também engarrafada, mas desta vez poderá bebe-la por uma palhinha. Em que cenário lhe parece que irá correr água mais rapidamente? Em que cenário lhe parece que se sentirá mais perturbada/o e sem controlo da quantidade e velocidade a que beberá água? Que cenário para beber água preferia?

É mais ou menos isto que se passa quando um bebé toma biberão (1º cenário) e quando mama (2º cenário). Sair água ou leite mais rapidamente, não significa que seja mais fácil.

Os bebés nascem com uma estrutura oral e respiratória única – diferente do adulto – para poder mamar à mama. Nascem, também, com um programa neurológico para, institivamente, saberem onde está a mama, como encontra-la, como começar a sugar e como engolir e respirar, tudo em simultâneo.

É mais fácil mamar. À mama.

Referências
http://onlinelibrary.wiley.com/…/j.1469-8749.1986.tb03…/ful
http://www.nature.com/pr/journal/v59/n5/abs/pr2006155a.html
http://jamanetwork.com/…/jamapediat…/article-abstract/514602
http://pediatrics.aappublications.org/conte…/111/3/511.short
http://journals.sagepub.com/…/abs/10.1177/089033440001600105
https://bmcpediatr.biomedcentral.com/…/10.11…/1471-2431-10-6
http://ajslp.pubs.asha.org/article.aspx?articleid=1767772
http://journals.rcni.com/doi/abs/10.7748/ns.26.22.16.s21

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *